Compra do mês: 10 dicas para economizar de modo eficaz

A compra do mês é um hábito brasileiro muito comum desde o final dos anos 1980. Contudo, ainda há bastante pessoas que não sabem como economizar ao fazê-las recorrentemente.

Além disso, mesmo entre aqueles que optam pela comodidade de fazer compras online, é possível usar alguns pequenos recursos que farão com que o dinheiro seja melhor aproveitado. Por isso, preparamos esse conteúdo exclusivo que vai te explicar de modo prático como realizar as suas compras do mês. Confira conosco e boa leitura!

De onde veio o hábito de fazer a compra do mês?

O hábito de fazer a compra do mês no Brasil está relacionado a diversos fatores históricos e culturais. Isso porque, no passado, especialmente nas áreas rurais, as famílias brasileiras normalmente viviam distantes dos centros urbanos e dos estabelecimentos comerciais, o que tornava difícil realizar compras frequentes de alimentos e outros itens essenciais.

Dessa forma, era comum que as famílias planejassem suas compras para um período mais longo, geralmente o mês, para evitar deslocamentos frequentes. De modo geral, as compras eram feitas em grande quantidade para suprir as necessidades básicas até a próxima oportunidade de se dirigir a uma localidade com comércio.

Além disso, esse hábito de comprar mensalmente também foi influenciado pela situação socioeconômica das famílias brasileiras. Muitas vezes, era mais vantajoso e econômico fazer compras em grande quantidade, aproveitando promoções em atacados ou comprando itens a granel, pois isso reduzia os custos individuais.

10 dicas de economia ao realizar a compra do mês

As dicas de compra do mês que elencamos a seguir foram feitas a partir dos principais hábitos dos consumidores no Brasil. Ou seja, ela mostra práticas simples que têm por objetivo uma otimização do dinheiro e melhor aquisição de produtos. Continue a leitura e veja o que considerar.

1. Faça um planejamento e lista de compras

Primeiramente, antes de ir ao supermercado, faça uma lista de compras detalhada com os itens essenciais que você precisa adquirir. Dessa forma, você evita compras por impulso e foca apenas no que é necessário, evitando desperdícios e gastos adicionais.

2. Compare preços para a compra do mês

Pesquise e compare preços antes de fazer suas compras. Verifique as promoções em diferentes supermercados e aproveite descontos e ofertas. Além disso, considere marcas genéricas, que costumam ser mais baratas e oferecer uma qualidade similar.

3. Compre a granel e em grandes quantidades

Outra dica importante para as compras do mês é optar por comprar itens a granel quando possível, como arroz, feijão, aveia, etc.. Isso porque, geralmente, são mais baratos do que as embalagens menores. Além disso, comprar em grandes quantidades pode ser mais econômico a longo prazo, principalmente para produtos não perecíveis ou que tenham um prazo de validade longo.

4. Priorize alimentos sazonais e locais

Os alimentos sazonais e locais tendem a ser mais baratos e frescos. Afinal, eles são produzidos em maior quantidade e requerem menos transporte, o que reduz os custos. Além disso, esses alimentos costumam ser mais nutritivos. Aproveite também as feiras e mercados locais para encontrar opções mais em conta.

5. Evite compras por impulso

Evite fazer compras quando estiver com fome ou cansado, pois isso pode levar a decisões impulsivas e compras desnecessárias. Além disso, evite distrações, como comprar itens adicionais que não estavam na lista. Mantenha o foco nos itens essenciais e evite gastos desnecessários.

6. Aproveite promoções e cupons

Por sua vez, fique atento a promoções, descontos e cupons de desconto disponíveis em supermercados e lojas online. Assine newsletters e acompanhe sites e aplicativos de cupons para aproveitar as melhores ofertas. Essas pequenas economias podem fazer uma grande diferença no final do mês.

7. Faça refeições em casa e congele alimentos

Evite comer fora com frequência e faça refeições em casa. Cozinhar em casa é geralmente mais barato e permite que você controle os ingredientes, além de ser uma habilidade valiosa. Se possível, cozinhe em grandes quantidades e congele porções extras, assim você terá refeições prontas para os dias mais corridos, evitando gastos com delivery ou refeições prontas.

8. Aproveite os programas de fidelidade e cartões de desconto

Muitas redes de supermercados oferecem programas de fidelidade ou cartões de desconto que podem gerar economias adicionais. Sendo assim, cadastre-se nesses programas e aproveite os benefícios. Por exemplo, com descontos exclusivos, acúmulo de pontos e vouchers. Verifique também se o seu cartão de crédito oferece programas de cashback, onde você recebe uma porcentagem do valor gasto de volta.

9. Faça compras online

Comprar online pode ser uma maneira conveniente e econômica de adquirir produtos. Além de evitar tentações nas lojas físicas, você pode encontrar preços mais competitivos online. Entretanto, lembre-se de comparar os preços em diferentes sites e verifique se há cupons de desconto disponíveis. Lembre-se de considerar o valor do frete ao calcular os custos totais.

10. Planeje refeições e evite desperdícios na compra do mês

Por fim, planejar suas refeições com antecedência é uma estratégia eficaz para economizar dinheiro. Ao saber exatamente o que vai cozinhar, você pode comprar apenas os ingredientes necessários, evitando desperdícios e gastos extras. Além disso, aprenda a aproveitar ao máximo os alimentos, reaproveitando as sobras em novas receitas ou congelando para consumo futuro. Isso pode ajudar a reduzir gastos com alimentos e evitar que eles estraguem.

Conclusão

Com o tempo, mesmo com o crescimento das áreas urbanas e a maior acessibilidade aos estabelecimentos comerciais, o costume de fazer compras do mês perdurou no Brasil. Hoje em dia, ainda é comum que as famílias planejem suas compras com antecedência, aproveite promoções e estabeleçam um orçamento para abastecer a despensa por várias semanas.

É importante ressaltar que nem todas as famílias adotam esse hábito, e muitas pessoas fazem compras menores e mais frequentes, de acordo com suas preferências e necessidades individuais.

Por último, considere que a economia nas compras do mês é um processo contínuo e requer disciplina. Sendo assim, cada pequena ação pode contribuir para uma economia significativa ao longo do tempo. Teste diferentes estratégias e encontre aquelas que funcionam melhor para você e sua família.

Redator Vip

Redator Vip

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *